Blog de moda e beleza

Como pintar o cabelo sendo uma grávida ou lactante

0

A coloração dos cabelos na gravidez ou durante a amamentação é uma dúvida que surge na cabeça de várias mulheres. Afinal, pode ou não pintar o cabelo? E para tirar esse questionamento e ficar por dentro do que é ou não permitido; resolvi esclarecer os cuidados fundamentais que a gestante ou a lactante precisa ter para proteger a sua saúde e a do bebê.

Grávida pode pintar o cabelo?

Sim, mas somente após os três primeiros meses de gestação. Porque antes disso, o procedimento não é aconselhável já que o feto está em uma fase delicada. Isto é, o bebê está desenvolvendo todos os seus órgãos. Por isso, os cuidados nesse período são redobrados… Logo, é necessário evitar qualquer tipo de química que possa causar deformações no bebê. E então, depois de passar os três primeiros meses é mais seguro pintar o cabelo. Claro, tomando todos os cuidados.

E durante a amamentação, pode pintar?

Assim como durante a gravidez, as mulheres que estão amamentando seus filhos podem sim pintar o cabelo; mas seguindo todos os cuidados recomendados. Porque os compostos químicos presentes nas tinturas são absorvidos pela corrente sanguínea; e pode ser passado para a criança por meio do leite materno. Por isso é tão importante evitar tinturas com amônia.

Dicas para pintar o cabelo sendo Grávida ou Lactante:

  • Se acaso você tem uma raiz mais escura e está acostumada a pintar o cabelo com cores mais claras; para não ficar com a raiz grande, a melhor escolha é escurecer todo o cabelo para que o visual fique equilibrado.
Related Posts

Meus queridinhos de cabelo no momento

  • Use tintas específicas, sem amônia e sem metais pesados para garantir a segurança da mãe e do bebê durante a gravidez e também na amamentação.
  • Se a grávida for pintar o cabelo sozinha, precisará usar luvas de proteção contra princípios ativos; aplicar a tinta de acordo com as instruções da embalagem e realizar a coloração em um ambiente bem ventilado. Esta última, também vale para quem preferir fazer a coloração no salão de beleza.
  • Após a tintura, é necessário lavar bem o couro cabeludo para que não exista nenhuma possibilidade de seu corpo absorver os componentes químicos e passar para a corrente sanguínea. Pois durante a gravidez pode causar deformação no bebê e durante a amamentação pode passar para o leite materno.
  • Uma opção mais segura que as mulheres nessa fase podem adotar é fazer mechas e luzes no cabelo. Porque os procedimentos não necessitam de aplicação de tinta diretamente no couro cabeludo. Ou seja, apenas os fios irão absorver a tintura, mantendo o couro cabeludo e a corrente sanguínea livre de contato químico; o que garante ainda mais a proteção ao bebê.
  • Ao fazer as mechas, puxe-as com um espaço de pelo menos um dedo da raiz do cabelo para não oferecer riscos.
  • Após o parto, o tempo ideal para pintar o cabelo novamente é depois do puerpério que costuma durar de 6 a 8 semanas e chega ao fim quando a mulher volta a menstruar.
  • Caso tenha dúvidas ou inseguranças, procure por seu obstetra e peça orientações. Ajuda profissional nunca é demais!

Por fim, me conta o que achou das dicas e não se esqueça de seguir nosso Instagram @mirandastandal para mais dicas. Mil Beijinhos…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.